Pomares da Pera Rocha - Junho 2017

Nossa próxima caminhada que é já no próximo Domingo. Será no Painho, concelho do Cadaval em parceria com os nossos companheiros caminheiros da União do Painho e Figueiros.
 Atenção que os que pretenderem ficar para almoçar deverão inscrever-se até à próxima 6ª feira.

Serra dos Candereiros- Abril 2017

CAMINHADA SERRA DOS CANDEEIROS Domingo 2 Abril 2017



PONTOS DE ENCONTRO
9.00H Cede dos Pimpões Caldas da Rainha
9.00H Casa da Cultura José bento da Silva S.Martinho do Porto
9.00H Posto de abastecimento CEPSA  E.N 15 Palhoça
PARTIDA:
9.30H  Estrada da Charneca 18, Casal da Charneca  BENEDITA (junto restaurante VIEIRA)
DIFICULDADE: media  
Cada pessoa deve caminhar em autonomia por sua conta e risco.
DISTANCIA: 12Km

PARTICIPAÇÃO ABERTA A TODOS
 Aconselha-se o uso de calçado apropriado para o campo e vestuário adequado às condições climatéricas. Evitar trazer saias ou calções.Sensivelmente a meio do pecurso fornecer-se- á reforço alimentar. Cada um é responsável pela sua integridade física, não existe seguro de grupo ou individual.



IMPORTANTE:
Dia 02 de Abril 2017 Dia Mundial da Consciencialização do Autismo pedimos a todos em sinal de solidariedade perante estas pessoas de trazerem uma peça de vestuário azul visível, Desde já obrigado
 

Vidais - Caldas da Rainha - Março 2017

DOMINGO 5 DE MARÇO 2017
Caminhada em Vidais – Caldas da Rainha

“Ao longo da fronteira entre os antigos Coutos de Alcobaça e as Terras da Rainha”

 A fronteira natural entre a região de Alcobaça que pertencia à Ordem de Cister e as terras da Casa das Rainhas era constituída essencialmente pelos cursos de água, desde a Lagoa de Alfeizerão e pela bacia hidrográfica do Rio Tornada, até às imediações do Casal do Rei.

 Após a extinção das ordens religiosas em 1834 e a reforma administrativa de 1855, muitas das terras dos monges foram integradas no concelho de Caldas da Rainha, mas ainda hoje é possível distinguir diferenças entre os Coutos de Alcobaça e as Terras da Rainha, sobretudo na forma de organização administrativa, na presença dos antigos equipamentos agrícolas e na forma de povoamento das duas regiões.

Essa vai constituir a principal descoberta nesta antiga zona de fronteira entre as terras das duas históricas instituições: a Ordem de Cister e a Casa das Rainhas. A próxima caminhada vai ser em Vidais, povoação que pertencia ao concelho de Alvorninha dos Coutos de Alcobaça e que se situa mesmo junto à ribeira que constituiria a fronteira entre as terras das duas instituições.

 Vamos ter oportunidade de caminhar de um e do outro lado da ribeira, verificando eventuais diferenças ainda hoje visíveis nestas terras.


.

184 º Passeio pedestre Fevereiro 2017

184 º PASSEIO PEDESTRE FEVEREIRO dia 5
Primeiro Domingo – Cabeço da Raposa

 À já tradicional parceria dos PIMPÕES com a Casa da Cultura de S. Martinho juntou-se para valorização mútua a União de Caminheiros do Painho e Figueiros.

 Desta vez iremos caminhar perto do Cercal, concelho de Azambuja. Caminharemos entre eucaliptos, vinhas, pinheiros mansos, charcas e uma pequena barragem, numa extensão de 11 km. Iniciaremos o percurso na aldeia de S.Salvador/Espinheira, passando na Malhada e subindo ao Cabeço da Raposa de onde usufruiremos de uma bela vista sobre o vale e a serra de Montejunto, ali mesmo ao lado.

Pontos de encontro:

 9h - na sede dos Pimpões
 9h - na Casa da Cultura de S.Martinho
 9h – no Posto de Abastecimento CEPSA E.N. 115 – Palhoça
 9h 30m - Local: Aldeia de S. Salvador/Espinheira - freguesia do Cercal na Associação Cultural e Recreativa local.

 Coordenadas N 39.210683 W -8.996571

Distância aproximada: 11 km/ Duração prevista: 2h 30m/

Nível de dificuldade: 2 (escala1 a5)

PARTICIPAÇÃO ABERTA A TODOS Aconselha-se o uso de calçado apropriado para o campo e vestuário adequado às condições climatéricas. Evitar trazer saias ou calções.Sensivelmente a meio do percurso fornecer-se- á reforço alimentar.

Cada um é responsável pela sua integridade física, não existe seguro de grupo ou individual.

No final da caminhada está organizado almoço para quem se inscrever até sexta-feira - 3 de Fevereiro.

Contacto para inscrição almoço:

Eduarda Cardoso 916915214
 O menu será: entradas, sopa de peixe, frango à alentejana, sobremesas café e aguardente para os mais fortes! -- 10 € por pessoa. Repasto confeccionado com muito carinho pelas senhoras da associação de Salvador/Espinheira




Aguas Santas Negrelho Barrosa

Águas Santas Negrelho Barrosa Domingo 08 de Janeiro 2017

 Concentração: pelas 09h00 - sede dos Pimpões - Caldas da Rainha

 Início do percurso: 09h30 - Frente à Fábrica do Sabão nas Águas Santas

 Distância: 9 Km -

 Grau de dificuldade: nível 2 (escala 1 a 5)
 Custo – 1 passada não custa nada

 PERCURSO: circular com início em Águas Santas, progredindo pela localidade depois subindo e torneando o Negrelho, passando o rio da Cal, descendo à Quinta da Barrosa e à Lagoa para retornar às Águas Santas. Caminhando perto da cidade das Caldas com o privilégio de se percorrer paisagem muito diversificada (vinhas, floresta, pomares e horticultura e floricultura, bem como gado ao ar livre) e com excelentes vistas sobre o campo, a cidade e a Lagoa.


NOTA:  Este ano as caminhadas vão ser organizadas como de costume em conjunto com a Casa da Cultura José Bento da Silva de S. Martinho do Porto e com nova parceria com a união de Caminheiros Painho Figueiros